Destaques

  • WhatsApp Image 2017-09-20 at 17.00.40

    Em ato público, #resista convoca sociedade para enfrentar retrocessos socioambientais

    18

    Brasília, 19/9/2017 – Representantes do #resista – movimento que reúne cerca de 150 entidades ambientalistas, do campo, indígenas e de direitos humanos – deixaram um recado claro em frente ao Palácio do Planalto, em Brasília, na tarde desta terça-feira (19): BASTA de ataques ao meio ambiente e aos direitos humanos por parte do governo Temer…

  • Reunião pela manhã de 15/09/2017 no Pico do Jaraguá. Foto: CIMI

    Nota do Jubileu Sul Brasil em solidariedade ao povo Xondaros Guarani

    20

    O Grupo Carta de Belém apoia e reproduz a baixo a nota de apoio e solidariedade ao povo Xondaros Guarani, da Terra Indígena do Jaraguá, em São Paulo, emitida pela rede Jubileu Sul. O Grupo entende que os retrocessos na política do Estado brasileiro para o povo Xondaros Guarani e, também, para os demais povos indígenas…

  • Image by sdblack0  is licensed under CC0 Public Domain

    Nota de repúdio a extinção da Renca

    106

    O governo Michel Temer liberou nesta quarta feira (23/08) uma imensa área protegida na Amazônia para mineração, através do decreto 9.142 de 22 de agosto de 2017. A chamada Reserva de Cobre (ou RENCA), criada pelo decreto nº 89.404 de 24 de fevereiro de 1984, se tratava de uma reserva mineral de 46.523 quilômetros quadrados,…

REDD e PSA, o valor e o preço da natureza



Vídeo pedagógico produzido para o Fórum Mudanças Climáticas e Justiça Social a respeito da política de economia verde.

Arquivos

Sobre o Grupo

Somos organizações e movimentos sócio-ambientais, trabalhadores e trabalhadoras da agricultura familiar e camponesa, agroextrativistas, quilombolas, organizações de mulheres, organizações populares urbanas, pescadores, estudantes, povos e comunidades tradicionais e povos originários que compartilham a luta contra o desmatamento e por justiça ambiental na Amazônia e no Brasil.

Últimos comentários

CONTATO

O Grupo Carta de Belém é composto por diversas organizações e movimentos sócio-ambientais.

Você pode entrar em contato
conosco pelo email:

>>   cartadebelem@gmail.com